Cultura

Gastronomia portuguesa é premiada em Paris

No passado dia 31 de janeiro, aquando da Assembleia Geral da Academia Internacional de Gastronomia, em Paris, a gastronomia portuguesa arrecadou quatro distinções, entre as quais o Prémio de Literatura Gastronómica, com o livro "Natureza, Gastronomia
Versão para impressão
No passado dia 31 de janeiro, aquando da Assembleia Geral da Academia Internacional de Gastronomia, em Paris, a gastronomia portuguesa arrecadou quatro distinções, entre as quais o Prémio de Literatura Gastronómica, com o livro “Natureza, Gastronomia & Lazer”, de Maria Manuel Valagão.

Segundo informações da Editora Colibri, neste livro são apresentadas plantas silvestres alimentares e ervas aromáticas utilizadas tanto na gastronomia tradicional como na mais vanguardista. É focada a importância da conservação das espécies silvestres locais no desenvolvimento do território e na valorização do património alimentar.

São também referidas as tradições alimentares locais e práticas culinárias, conhecimentos intemporais transmitidos de geração em geração que constituem parte da nossa identidade cultural.

Por unanimidade, a Assembleia Geral da Academia Internacional de Gastronomia premiou ainda Nuno Mendes, do restaurante londrino O Viajante, considerando-o o “Chef do Futuro”.

O Prémio Escanção foi atribuído a Arnaud Vallet, do Restaurante Vila Joya, Algarve e o Prémio Arte da Mesa distinguiu a empresa fabricante de talheres Cutipol.

[Notícia sugerida pela utilizadora Raquel Baêta]

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub