Desporto

Futebol: UEFA decide proibir as vuvuzelas

Popularizadas durante o Mundial de Futebol deste ano na África do Sul, as vuvuzelas foram esta quarta-feira proibidas oficialmente pela UEFA. Este organismo desportivo justifica a decisão argumentando que os trompetes de plástico incomodam os espetad
Versão para impressão
Popularizadas durante o Mundial de Futebol deste ano na África do Sul, as vuvuzelas foram esta quarta-feira proibidas oficialmente pela UEFA. Este organismo desportivo justifica a decisão argumentando que os trompetes de plástico incomodam os espetadores e retiram emoção ao jogo.

Na nota do organismo, pode ler-se que “os 53 membros da UEFA decidiram proibir as vuvuzelas devido à tradição e à cultura do futebol europeu e que o objeto iria modificar a atmosfera dos jogos”.

“No contexto específico da África do Sul,as vuvuzelas davam um toque da tradição local, mas a UEFA sente que o instrumento não seria apropriado na Europa, onde o barulho contínuo seria enfatizado”, lê-se ainda no comunicado citado pelo Record.

“Para evitar que os adeptos não disfrutem do verdadeiro ambiente de um estádio nas competições da UEFA e para proteger a cultira e atradição do futebol no continente, decidimos proibir, com efeitos imediatos, a entrada de vuvuzelas nos recintos”, determina a nota da UEFA.

A UEFA defende assim que a “magia do jogo” se limite às emoções entre o campo e o público que devera continuar a celebrar das formas mais tradicionais com os cantos e ovações. A UEFA já deu instruções a todas as associações de futebol para avisarem os clubes onde acontecem competições da UEFA.

Em Portugal, as vuvuzelas já foram proibidas por clubes como o Sporting pelas mesmas razões.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório