Desporto

Futebol: FIFA aprova tecnologia da linha de golo

O International Football Association Board (IFAB), que rege as leis do futebol, aprovou, esta quinta-feira, por unanimidade, a utilização da tecnologia da linha de golo e a presença de dois árbitros assistentes adicionais nos jogos.
Versão para impressão
O International Football Association Board (IFAB), que rege as leis do futebol, aprovou, esta quinta-feira, por unanimidade, a utilização da tecnologia da linha de golo. A decisão foi tomada numa reunião na sede da FIFA, em Zurique, conduzida pelo presidente daquele organismo, Joseph Blatter.
 
A aprovação da tecnologia da linha de golo, que estava em estudo desde Agosto de 2011, passará, para já, pela adoção de dois sistemas: o Hawk-Eye, uma tecnologia por vídeo já usada no ténis, e o GoalRef, um sistema que utiliza um “chip” na bola para informar os árbitros quando a bola passa a linha de golo.
 
De acordo com comunicado da FIFA, a introdução da tecnologia ao serviço do futebol foi aprovada por unanimidade, estando a aprovação definitiva “sujeita a um teste final da tecnologia instalada em cada estádio antes que os sistemas possam ser usados nos jogos”, que deverá acontecer no Mundial de Clubes da FIFA, no Japão, em Dezembro deste ano.
 
Os responsáveis enfatizaram, porém, que a tecnologia em causa será utilizada exclusivamente na linha do golo e não noutros setores do campo. O próximo passo será a revisão das Regras do Jogo, estabelecidas pela IFAB e especificamente afetadas pela medida. 
 
Na mesma sessão, a IFAB decidiu também autorizar a presença de cinco árbitros nos jogos, tendo sido aprovada por unanimidade a utilização de dois assistentes adicionais, “reconhecendo-se o apoio que eles podem prestar aos árbitros da partida”.
 
A aprovação aconteceu depois de uma apresentação do coordenador desta experiência com árbitros assistentes adicionais, Donald McVicar, que foi levada a cabo durante dois anos na UEFA Champions League, na UEFA Europa League e no Europeu de 2012 e em competições no Brasil, França, Marrocos e Qatar.
 
A IFAB aprovou ainda, embora temporariamente, a utilização do lenço islâmico pelas jogadoras de futebol feminino durante os jogos, uma decisão que será reavaliada na reunião do International Board de 2014. 

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub