Sociedade

Furtos no comércio do Porto caem para metade

O programa "Comércio Seguro" levado a cabo pelo governo, PSP e Associação de Comerciantes do Porto, levou a uma redução de 50% entre dezembro de 2010 e janeiro último, e 18 por cento entre 2009 e 2010 do número de furtos em estabelecimentos comercias
Versão para impressão
O programa “Comércio Seguro” levado a cabo pelo governo, PSP e Associação de Comerciantes do Porto, levou a uma redução de 50% entre dezembro de 2010 e janeiro último, e 18 por cento entre 2009 e 2010 do número de furtos em estabelecimentos comercias da baixa portuense abrangida pelo programa.

De acordo com a secretária de Estado da Administração Interna, Dalila Araújo os resultados são “muito  positivos”. Lamentou, contudo, que as atuais “circunstâncias políticas” não permitam a evolução deste programa.

A iniciativa “Comércio Seguro” consiste na circulação de duas pequenas viaturas elétricas, tripuladas por agentes da PSP, na zona compreendida entre a Praça da Batalha e a Rua de Cedofeita.

A dimensão dos veículos e a possibilidade de os comerciantes contactarem, diretamente, os agentes que os conduzem fazem com que seja possível chegar mais rapidamente ao local do eventual problema.

Aos comerciantes e aos transeuntes foi também distribuído um desdobrável explicando o funcionamento deste projeto, onde os primeiros tiveram ainda acesso ao número direto dos agentes destacados para este patrulhamento.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub