Mundo

Fundo global de combate à SIDA vai aumentar

As Nações Unidas anunciaram esta quarta feira que o Fundo Global para combate à SIDA, tuberculose e paludismo vai contar, no próximo triénio, com mais 2 mil milhões de dólares (1,4 mil milhões de euros) face ao período 2008-2010.
Versão para impressão
[Fotografia: © EPA]

As Nações Unidas anunciaram esta quarta feira que o Fundo Global para combate à SIDA, tuberculose e paludismo vai contar, no próximo triénio, com mais 2 mil milhões de dólares (1,4 mil milhões de euros) face ao período 2008-2010.

Reunidos em Nova Iorque, os doadores – que incluem 40 governos de todo o mundo, organizações religiosas, fundações privadas e grandes empresas – comprometeram-se a disponibilizar um apoio de 11,7 mil milhões de dólares (8,4 mil milhões de euros) para o período 2011-2013.

Trata-se do maior contributo financeiro de sempre para o esforço coletivo internacional de combate às três pandemias, adianta a agência Lusa.

Desse valor, cerca de quatro mil milhões de dólares (2,8 mil milhões de euros)serão garantidos pelos EUA, conforme garantiu o Departamento de Estado norte-americano, em comunicado.

O diretor executivo do Fundo Global, Michel Kazatchkine, congratulou-se com o aumento dos esforços financeiros, mas sublinhou que, ainda assim, os fundos prometidos “não serão suficientes” para atingir as metas dos Objetivos do Milénio em 2015.

Por outro lado, o secretário geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, destacou que “numa altura em que tantos governos estão a apertar o cinto em casa, estes compromissos enviam uma mensagem poderosa: mostram que percebem a importância da saúde para todos”.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório