Cultura

França: Escritores lusos nomeados para prémios

Os escritores Gonçalo M. Tavares e Maria Velho da Costa foram nomeados para o prémio Femina Étranger, anunciou o júri na quinta feira à noite. M. Tavares foi também selecionado para o prémio Médicis para romances estrangeiros.
Versão para impressão
[Foto © Teresa Sá]

Os escritores Gonçalo M. Tavares e Maria Velho da Costa foram nomeados para o prémio Femina Étranger, anunciou o júri na quinta feira à noite. M. Tavares foi também selecionado para o prémio Médicis para romances estrangeiros.

O escritor concorre aos dois prémios com o romance “Aprender a Rezar na Era da Técnica” (Caminho) e Maria Velho da Costa com o romance “Myra” (Assírio & Alvim).

O único vencedor português deste prémio criado em 1985 foi Vergílio Ferreira, distinguido em 1990, com “Manhã Submersa”.

Na lista de finalistas do prémio Médicis para romances estrangeiros, Gonçalo M. Tavares tem como concorrentes nomes como Thomas Pynchon, William Boyd e Per Petterson, entre outros, indicou a Caminho, em comunicado enviado à Lusa.

A tradução francesa do último volume da tetralogia do Reino, “Apprende à Prier à l´Ère de la Technique”, chegou na quinta-feira às livrarias francesas, numa edição da Viviane Hamy, a par de mais um volume da coleção “O Bairro”, “Monsieur Brecht”, ambos com tradução de Dominique Nédellec.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório