Cultura

Flamenco é Património Imaterial da UNESCO

O flamenco, as torres humanas tradicionais das festas catalãs e a dieta mediterrânica fazem, desde terça feira, parte da lista do Património Imaterial da Humanidade da UNESCO. A deliberação esteve a cargo do comité internacional reunido em Nairobi, d
Versão para impressão
O flamenco, as torres humanas tradicionais das festas catalãs e a dieta mediterrânica fazem, desde terça feira, parte da lista do Património Imaterial da Humanidade da UNESCO. A deliberação esteve a cargo do comité internacional reunido em Nairobi, durante esta semana.

Criada em 2003 e corroborada por mais de 130 países, esta lista visa proteger a tradição popular e a cultura própria de cada região, bem como monumentos e locais de especial relevo pelas suas características únicas.

Segundo o comunicado divulgado pelo comité da Unesco, o flamenco, com a sua música e dança “de paixão e sedução”, “expressa toda uma gama de sentimentos e estados de espírito”.

Da mesma forma foram contemplados os “castells”, torres humanas típicas catalãs, cuja técnica de formação “vem sendo transmitida tradicionalmente de geração em geração dentro de grupos”, e o canto da Sibila, que é interpretado na noite de 24 de dezembro em todas as igrejas de Maiorca.

Em conjunto com a Itália, Grécia e Marrocos, Espanha propôs também a dieta mediterrânica a Património Imaterial da Humanidade. O aval do comité fez com que essa gastronomia fosse a primeira a figurar na lista, porque “não compreende apenas a alimentação, já que é um elemento cultural que propicia a interação social”, referiu a UNESCO no comunicado.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório