Negócios e Empreendorismo

Firmo: Empresa das “Sebentas” volta a mãos portuguesas

NULL
Versão para impressão
A clássica papeleira Firmo – famosa pelos cadernos pretos e pelas sebentas – regressou a mãos portuguesas. Depois de ter sido controlada, durante 13 anos, por um grupo francês, a empresa foi agora recomprada pela família fundadora, Santos Carvalho.

Contactado pelo Boas Notícias, Rui Santos Carvalho, administrador da Firma, explicou que “a empresa foi controlada por um grupo francês [grupo Arjo Wiggins, posteriormente Antalis] ao longo de 13 anos, entre 1998 e 2011”. 

Fundada em 1951 no Porto, a Firmo chegou até a chamar-se Antalis durante o tempo em que foi controlada por franceses.

Agora, no ano em que comemora 60 anos, a empresa volta não só à família portuguesa fundadora como ao nome que lhe deu origem – Firmo.

Tendo como objetivo inicial produzir e comercializar material de papelaria e de escritório, a empresa pretende agora “alargar horizontes, uma vez que a marca é já reconhecida no estrangeiro”. 

Considerando que “o mercado português já está estabilizado” a Firmo tem agora como mercados prioritários o Brasil e os países do Norte de África.

Produtos como o caderno de capa preta Firmo, o caderno espiral “Universitário” de capa azul, o bloco de desenhos “Estudos”, a Sebenta, assim como as pastas de arquivo e os envelopes Firmo eram, já em 1990, verdadeiros ícones indissociáveis da marca e continuam disponíveis no mercado.
 

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório