Ambiente

Finlândia: Utilização de carvão deve acabar até 2025

Comprometendo-se com a redução de emissão de gases tóxicos para a atmosfera, a Finlândia prevê que até 2025 irá acabar com a utilização do carvão como fonte energética.
Versão para impressão

Comprometendo-se na redução de emissão de gases tóxicos para a atmosfera, a Finlândia prevê que até 2025 irá acabar com a utilização do carvão como fonte energética, podendo, assim, tornar-se o primeiro pais europeu a implementar tal medida.

De acordo com o site financeiro Bloomberg, o anúncio foi feito pelo ministro da economia finlandês, Jyri Haekaemies, durante uma sessão de debate parlamentar. Haekaemies afirmou que “o investimento em energias renováveis irá desempenhar um papel determinante neste processo”.

O ministro acrescentou ainda que com esta medida, o executivo espera “não só criar postos de trabalho como reduzir a emissão de gases para a atmosfera e, ainda, melhorar a balança económica do país”.

Atualmente, todo o carvão utilizado neste país nórdico é importado de países como a Rússia e a Polónia, representando um gasto anual de 70 a 300 milhões de euros.

Em 2011, na Europa, o consumo de carvão como fonte de energia cresceu cerca de 3.3%, apesar das metas definidas pela União Europeia de até 2020 reduzir até 20% os níveis de gases tóxicos emitidos registados em 1990.

Quanto ao resto do mundo, é a China que encabeça a lista de maiores consumidores com uma utilização que se traduz em 70%, imediatamente seguida pelos EUA.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub