Sociedade

Finanças: Investigadores lusos distinguidos no Dubai

Dois investigadores da Universidade do Minho foram distinguidos no Dubai, naquela que é considerada uma das maiores conferências mundiais sobre Finanças - a Global Finance Conference. Ambos receberem o prémio 'Best Paper Award in Investments, Financi
Versão para impressão
Dois investigadores da Universidade do Minho foram distinguidos no Dubai, naquela que é considerada uma das maiores conferências mundiais sobre Finanças – a Global Finance Conference. Ambos receberem o prémio 'Best Paper Award in Investments, Financial Markets and Valuation' pelo artigo elaborado sobre o consumo na OCDE. 
 
Ricardo Sousa e Manuel Rocha Armada são professores na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho e autores do estudo 'Recursive preferences, consumption smoothing and risk premium', agora premiado nos Emirados Árabes Unidos. 
 

O mesmo tem por base os dados trimestrais de dezasseis países da OCDE e conclui que o crescimento do consumo, o rácio consumo-riqueza e a variação neste rácio são fatores que explicam uma fração importante da rendibilidade real das ações. 
 
Como tal, o trabalho desenvolveu um modelo teórico que combina preferências recursivas com a restrição orçamental do investidor para relacional o risco de longo-prazo e a rendibilidade de ativos financeiros. 
 
“O modelo capta a preferência dos investidores por um padrão de consumo relativamente estável ao longo do tempo e o prémio de risco elevado exigido pelos agentes económicos quando têm expectativas de uma deterioração das condições económicas no longo prazo”, avançam os investigadores em comunicado enviado ao Boas Notícias. 
 
Manuel Rocha Armada é professor 
catedrático, presidente da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho e investigador do NIPE – Núcleo de Investigação em Políticas Económicas. Licenciado em Gestão no ISEG, em Lisboa, conta com um mestrado em Management Science na Universidade de Kent e um doutoramento em Business Administration na Manchester Business School, no Reino Unido.
 
É membro da Academia Mexicana de Ciências Administrativas e do conselho editorial de revistas como 'European Journal of Finance', 'Frontiers in Finance and Economics', 'The International Journal of Business' e 'Finance India'. 
 
Já Ricardo Sousa é professor auxiliar e investigador do NIPE, sendo um dos primeiros a concluir a licenciatura em Economia pela Universidade do Minho. Fez o mestrado em Política Económica e, em 2008, concluiu o doutoramento em Economia na London School of Economics and Political Science. 

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub