Gastronomia

Festival: Francesinhas dão sabor à Baixa do Porto

Desde quinta-feira que a cidade do Porto ganhou mais sabor com o arranque do festival "Francesinha na Baixa", que se prolongará até ao dia 13 de Outubro.
Versão para impressão
Desde quinta-feira que a cidade do Porto ganhou mais sabor com o arranque do festival “Francesinha na Baixa”, que se prolongará até ao dia 13 de Outubro e que, além de propostas gastronómicas tentadoras nas quais a “iguaria tripeira” é rainha, oferecerá também atrativos como sessões de cozinha ao vivo.
 
Esta é a segunda edição do evento e é também o segundo capítulo dos festivais “Super Gastronómicos”, apresentados pela EV-Essência do Vinho e pela Super Bock com o apoio da Câmara Municipal do Porto e que promovem “a conjugação da cerveja com a gastronomia de cada local”, explica a organização.
 
Durante 12 horas por dia ao longo de todo o festival, os restaurantes BB Gourmet, Café Santiago, Capa Negra, Cufra e Porto Beer vão apresentar, no mesmo espaço, a Praça D. João I, cerca de 20 propostas diferentes de francesinhas, sejam estas “de carne assada, com bife, linguiça de porco preto, vitela fumada, carnes brancas, com e sem ovo, especial, em pão de cruz” e até mesmo vegetariana.
 
Todas as opções estão disponíveis a 8, 10 e 12 euros e a completar os menus há entradas e sobremesas, além das cervejas Super Bock, incluindo as novas receitas artesanais “Selecção 1927, a Munich Dunkel”, feita com malte especial de Munique e apresentada no evento pela primeira vez.
 
Durante o festival, os visitantes poderão ainda assistir a sessões de cozinha ao vivo com chefes de renome, como Hélio Loureiro e Nuno Inverneiro, desafiados a reinterpretar esta famosa sandes, eleita pelo portal AOL Travel como uma das dez melhores do mundo.
 
O “Francesinha na Baixa” decorre nos dias 4, 5, 11 e 12 de Outubro (sextas e sábados) entre as 12.00h e as 24.00h e nos dias 6, 7, 8, 9, 10 e 13 (de domingo a quinta) entre as 12.00h e as 23.00h.

Francesinha no jornal The Guardian
 

A propósito da realização do evento é interessante realçar que a Francesinha continua a dar que falar além-fronteiras. Recentemente, a iguaria portuense mereceu destaque num artigo do jornal britânico The Guardian acerca das razões que levam os amantes da gastronomia a serem fãs de sanduíches.
 
Sob o título “Why the world loves a sandwich”, (“Porque é que o mundo adora uma sandes”), a autora do artigo, Helen Grave, debruça-se sobre os encantos de diversas sandes escolhidas por si para figurar no livro da sua autoria “101 Sandwiches”, entre as quais a Francesinha, uma sanduíche especial “com molho de cerveja” que está entre “as menos conhecidas e aquelas que mais vale a pena divulgar”.

Clique AQUI para saber mais sobre o festival “Francesinha na Baixa”.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub