Imagem: Nuno Silva e Pinto/Boas Notícias
Educação Em Destaque

FCT abre primeiro concurso para investigação em fogos florestais

As candidaturas decorrem até dia 28 de fevereiro de 2018.
Versão para impressão
por redação

Os concursos prevêem um envelope financeiro total de 15 milhões de euros e enquadram-se no Programa mobilizador de I&D para a prevenção e combate de incêndios florestais, aprovado na Resolução do Conselho de Ministros de 21 outubro de 2017.

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) abriu, dia 28 de dezembro, o primeiro concurso para financiamento de projetos de investigação orientados para a prevenção e combate de incêndios florestais. O concurso de 2017 prevê um envelope financeiro de 5 milhões de euros.

As candidaturas decorrem até dia 28 de fevereiro de 2018.

Este é o primeiro de três concursos, os seguintes abrirão em 2018 e 2019, enquadrados no Programa mobilizador de I&D para a prevenção e combate de incêndios florestais, criado pela Resolução do Conselho de Ministros n.º159/2017 de 21 outubro, na sequência das recomendações do relatório da Comissão Técnica Independente que investigou os incêndios de Pedrógão Grande. Prevê-se um financiamento total de 15 milhões de euros para projetos de investigação selecionados no âmbito dos três concursos.

O concurso tem com objetivo promover a investigação científica e a inovação, fortalecendo competências e capacidades científicas e técnicas, garantindo a apropriação e incorporação de conhecimento científico no apoio à decisão em sistemas operacionais, assim como a produção de novos conhecimentos orientados para a solução de problemas. As áreas de investigação incluirão:

– Governação dos recursos florestais; Restauro pós-fogo e gestão florestal; Modelos de ordenamento e silvicultura preventiva; Modelos de organização e gestão das áreas florestais, nas vertentes de proteção, conservação, silvopastorícia, recreio, lazer e produção; gestão e
valorização da biomassa nos espaços rurais;

– Gestão do fogo e comportamento de fogos extremos; Atitudes e comportamentos face à prevenção e combate de incêndios e a gestão do território; Saúde e segurança ocupacional dos técnicos de combate;

– Meteorologia, previsão e gestão do risco, incluindo deteção de ignições e otimização de alertas precoces e desenvolvimento de sistemas de observação inteligente e de apoio à decisão;

-Sistemas de sensorização, de informação e de comunicações de emergência e sua integração nos processos de decisão.

Mais informações sobre o concurso estão disponíveis no site da FCT

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório