Mundo

Favelas: Maior ação policial de sempre sem tiros

NULL
Versão para impressão
Foi concluída sem vítimas a ocupação da Favela da Rocinha, uma das maiores do Rio de Janeiro. Na ação estiveram envolvidas cerca de três mil forças policiais que conseguiram entrar na Rocinha, apreender armas e droga e fazer a detenção de um daqueles que se pensa ser o líder do tráfico de droga do país.

Esta foi uma das mais bem-sucedidas ações de ocupação protagonizadas pela polícia brasileira. Depois de 30 anos de domínio, os traficantes da Rocinha foram afastados pela polícia que penetrou no local sem disparar tiros. O próximo passo é a constituição de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) que se tornará na 19ª do Rio de Janeiro.

A Operação Choque de Paz, como ficou conhecida, foi dada por terminada ao início da manhã de domingo pelas forças de segurança. A ação vinha a ser estudada há vários meses e conseguiu libertar as comunidades da Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu.

No terreno estiveram cerca de três mil homens, com apoio de 6 blindados da PM (“Caveirão”), 18 blindados da Marinha, 4 helicópteros da PM e outros 3 da Polícia Civil, notícia a Globo.

“Às 4h deste domingo, uma coluna com 18 blindados e cerca de 700 homens avançou pelas vias das comunidades para começar a inserção dos homens. Às 4h30 ocorreu a chegada às comunidades, incluindo o uso de helicópteros com câmara de observação térmica. E às 6h, nossos homens informaram que todas as comunidades ocupadas já estavam sob controlo”, afirmou o coronel Pinheiro Neto, chefe de Estado Maior Operacional da Polícia Militar, à estação televisiva.

Desde o início das operações, a 1 de Novembro, foram apreendidas várias centenas de doses de droga, armas, entre outros objetos que se pensam terem sido roubados. Além disso, foram detidas 34 pessoas, das quais sete são menores e foram mortos oito suspeitos.

A população tenta agora voltar à rotina, enquanto continuam as ações de busca da polícia e de limpeza das ruas.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub