Negócios e Empreendorismo

Fátima: Santuário vai lançar marca de azeite

O Santuário de Fátima prepara-se para lançar uma marca própria de azeite, produzido com azeitona dos olivais do Monte dos Valinhos e de Aljustrel, perto da Cova da Iria.
Versão para impressão
O Santuário de Fátima prepara-se para lançar uma marca própria de azeite, produzido com azeitona dos olivais do Monte dos Valinhos e de Aljustrel, perto da Cova da Iria, onde a instituição possui cerca de 60 hectares de terra.
 
Há vários anos que o Santuário tem procurado tratar daquele espaço com especiais cuidados, com  objetivo de preservar a área conhecida como “pulmão” de Fátima tanto em termos ambientais, como espirituais.
 
“Não queremos descaraterizar a paisagem da serra”, frisa o Padre Cristiano Saraiva em comunicado, lembrando que a vegetação autóctone da região é composta pelas “oliveiras, os carrascos, os pequenos arbustos”.
 
Grande parte das terras que são propriedade do Santuário de Fátima encontra-se ocupada com olival e, portanto, a instituição tem vindo a produzir azeite que é, posteriormente, consumido nas casas de retiro, sendo os excedentes vendidos à Cooperativa de Olivicultores de Fátima. 
 
Agora, os responsáveis querem levar a produção de azeite para o próximo nível, segundo anunciou o administrador do Santuário. “O nosso objetivo é sempre a preservação do olival, do monte, mas, visto termos uma grande produção de azeite, estamos a tentar que, no futuro, a médio prazo, o possamos comercializar com marca e embalagens próprias”, revela.
 
Na campanha de 2011, as mais de 4.700 oliveiras propriedade do Santuário de Fátima produziram 19.547 quilos de azeitona, originando um total de 2.455 litros de azeite.
 
[Notícia sugerida por Patrícia Guedes e Maria Manuela Mendes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub