Inovação e Tecnologia

Facebook: fundador garante maior privacidade

Acusado de violar a privacidade dos utilizadores do site do qual é fundador, Mark Zuckerberg anuncia que vai tomar medidas para garantir "que sejam os utilizadores a gerir os seus dados pessoais" no Facebook, esperando assim garantir a fidelidade de
Versão para impressão
Acusado de violar a privacidade dos utilizadores do site do qual é fundador, Mark Zuckerberg anuncia que vai tomar medidas para garantir “que sejam os utilizadores a gerir os seus dados pessoais” no Facebook, esperando assim garantir a fidelidade de todos os 500 milhões de pessoas inscritas na rede social.

As reclamações em massa por parte dos utilizadores levaram a que a empresa fizesse diversas revisões às suas políticas de privacidade.

Recorde-se que, sendo um espaço de partilha de informações e opiniões, fotografias, vídeos e outros conteúdos multimédia entre “amigos”, o Facebook utiliza os dados fornecidos pelos utilizadores aquando do seu registo para divulgar anúncios comerciais personalizados.

Ao New York Times, Mark Zuckerberg declarou que a empresa “acrescentará controlos de privacidade mais fáceis de usar”, bem como “permitirá ao utilizador barrar mais facilmente qualquer serviço de terceiros”.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub