Espetáculos e Exposições

Exposição de fotografia homenageia Ruy Duarte

A exposição do fotógrafo brasileiro Sérgio Guerra sobre os Hereros, a inaugurar dia 19 na Galeria Perve, em Lisboa, é dedicada ao escritor e antropólogo luso-angolano Ruy Duarte de Carvalho, que faleceu na quinta feira, disse à Lusa fonte da organiza
Versão para impressão
A exposição do fotógrafo brasileiro Sérgio Guerra sobre os Hereros, a inaugurar dia 19 na Galeria Perve, em Lisboa, é dedicada ao escritor e antropólogo luso-angolano Ruy Duarte de Carvalho, que faleceu na quinta feira, disse à Lusa fonte da organização.

Segundo Carlos Nunes, da Galeria Perve, localizada em Alfama (Lisboa) a homenagem justifica-se «porque Ruy Duarte de Carvalho foi a pessoa que mais trabalhos fez sobre os Hereros».

A exposição, que está em Lisboa a partir do dia 19 de Agosto até 18 de Setembro, sucede à inaugurada em Luanda, no passado dia 27 de Julho, e que termina no próximo dia 26. O objetivo é redescobrir os Hereros, povo banto que vive no sul de Angola e que atravessou décadas de conflito mantendo os mesmos traços culturais.

As duas exposições resultam das mais de 10 mil imagens e cerca de uma centena de depoimentos que Sérgio Guerra, de 50 anos, registou em Julho e Agosto de 2009 quando viveu com os Herero – povo semi-nómada que habita as províncias do Cunene, Huíla e Namibe e que se dedica à pastorícia.

Ruy Duarte de Carvalho, de 69 anos, morreu na quinta-feira em sua casa, em Swakopmund, na Namíbia. Nascido em Santarém em 1941, passou parte da infância e adolescência em Moçâmedes, na província angolana do Namibe, mas regressou à terra natal para frequentar o curso de regente agrícola, que concluiu em 1960.

Naturalizado angolano em 1983, foi um autor multifacetado, cuja obra se estende das artes plásticas ao cinema, passando pela antropologia e também pela poesia.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório