Negócios e Empreendorismo

Exportações de vinho superam 500 milhões de euros

As exportações de vinho português cresceram 4,5% nos primeiros nove meses do ano, tendo ultrapassado os 500 milhões de euros. O anúncio foi feito esta terça-feira pelo Instituto da Vinha e do Vinho (IVV).
Versão para impressão
As exportações de vinho português cresceram 4,5% nos primeiros nove meses do ano, tendo ultrapassado os 500 milhões de euros. O anúncio foi feito esta terça-feira pelo Instituto da Vinha e do Vinho (IVV).
 
De acordo com um comunicado divulgado pelo IVV, “o terceiro semestre de 2013 foi o mais favorável do ano, com um crescimento de 7,4% impulsionado pelas exportações extra-comunitárias, que aumentaram 15,2% e representam 49% do valor total exportado entre Julho e Setembro”. 
 
“Com esta evolução, a exportação de vinhos durante os primeiros nove meses de 2013 mantém uma subida face ao período homólogo de 2012, de 4,5% em valor e de 11,1% em preço médio”, acrescenta o documento.
 
O IVV realça ainda a existência de “uma tendência de convergência no preço médio praticado nas exportações intra e extra comunitárias, mantendo-se a União Europeia como destino principal, com um peso de 55% do valor e do volume”. 
 
No que toca às exportações para países extracomunitários, estas representam “45% do valor, com cinco destinos (Angola, Estados Unidos, Canadá, Brasil e Suíça) a figurarem no grupo dos 10 principais mercados de exportação dos vinhos nacionais”. 
 
A propósito destes resultados, Frederico Falcão, presidente do IVV, destacou o “contributo muito positivo que o setor do vinho está a dar às exportações portuguesas”. “O vinho tem um ciclo anual de exportações que não é constante em todos os trimestres e desde 2010 nunca tínhamos tido um terceiro trimestre tão bom”, congratulou-se. 
 
Baseando-se nas vendas para o estrangeiro no último ano e comparando-as com o período de Outubro de 2011 a Setembro de 2012, o dirigente do instituto estimou que, em 2013, deverá ser “possível ultrapassar, mais uma vez, e pelo segundo ano, a barreira dos 700 milhões de euros”. 

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub