Ambiente

Exportações de eletricidade aumentam 145%

NULL
Versão para impressão
As exportações de eletricidade aumentaram 145% no ano passado, face ao anterior, enquanto as importações diminuíram 22,5%, segundo dados revelados pela “Factura Energética 2010”, divulgada pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGGE).

O saldo importador de produtos energéticos foi de 5,561 milhões de euros, mais 13,8 % do que em 2009, contribuindo para este aumento a desvalorização do euro face ao dólar e o aumento dos preços de importação dos produtos energéticos nos mercados internacionais.

Em quantidade, as exportações aumentaram de 701 para 1.717 gigawatts-hora (GWh) e as importações diminuíram de 5.614 para 4350 GWh, um resultado que aquele direção considera “refletir” os resultados da política energética seguida, designadamente a aposta em recursos renováveis endógenos que têm vindo a substituir os recursos fósseis importados, cita a Lusa.

“Acresce à política seguida o facto de o ano de 2010 ter sido muito abundante em termos de recursos hídrico e eólico, o que potenciou ainda mais a produção renovável na electricidade”, acrescenta em nota divulgada.

Também as quantidades de produtos refinados exportados aumentaram 28,5 %, com destaque para as exportações de gasolinas (mais 7,8 %), fuelóleo (mais 18,5 %) e “jets” (mais 151 %).

Conheça aqui o relatório da DGGE.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub