Ciência

Explosão de estrela visível da Terra

NULL
Versão para impressão
A explosão de uma estrela (fenómeno conhecido por supernova) localizada a 21 milhões anos-luz da Terra pode ser observada, durante esta semana, a partir do nosso planeta. A supernova, que será a mais brilhante desde 1954, aconteceu há 21 milhões de anos e está a ser estudada por uma equipa de cientistas da Universidade de Oxford.

Rui Agostinho, diretor do Observatório Astronómico de Lisboa, explicou ao Boas Notícias que as supernovas são explosões que “marcam o fim de vida das estrelas, injetando a maior parte da sua massa para o espaço”.

Este fenómeno acabará por formar novas estrelas e planetas e pode ainda fornecer aos cientistas informações essenciais sobre a expansão do universo.

Dizer que esta supernova está a 21 milhões de anos-luz da Terra é o mesmo que dizer que a explosão que vemos no céu, durante estes dias, aconteceu há precisamente 21 milhões de anos.

Esta é uma explosão mais brilhante que o normal, visto que a estrela está muito próxima da Terra, na Galáxia Pinwheel, localizada na constelação Ursa Maior. A maioria das supernovas está a mais de 1 bilhão de anos-luz de distância.

Segundo Rui Agostinho, “na Terra vemos a zona da Ursa Maior sem qualquer problema, é uma zona acima do horizonte”. No entanto, o cientista alerta que só será possível ver “um pontinho” no céu.

A supernova, designada PTF-11kly, tem uma cor azulada e está situada um pouco acima das duas primeiras estrelas da “cauda” da Ursa Maior – Alkaid e Mizar  – com as quais forma um triângulo. É possível observar esta explosão celeste com uns binóculos ou com um telescópio simples. A olho nú poderá parecer uma estrela igual às outras.

“Isto é praticamente no nosso quintal. Há bilhões de estrelas numa galáxia. Esta supernova brilhará mais que todas elas neste fim de semana”, disse o astrónomo Peter Nugent ao Daily Mail.

Clique AQUI para aceder ao comunicado de Oxford.

[Notícia corrigida a 09/09/2011 às 18h50]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório