Sociedade

Ex-corretor dá videoaulas gratuitas

Salman Khan é um homem de muitos conhecimentos: no YouTube, o norte-americano dá aulas de Álgebra, Economia, Finanças e até Biologia e Química, de uma forma acessível a aprendizes de todo o mundo. Em Portugal, um professor já traduziu inclusivamente
Versão para impressão
Salman Khan é um homem de muitos conhecimentos: no YouTube, o norte-americano dá aulas de Álgebra, Economia, Finanças e até Biologia e Química, de uma forma acessível a aprendizes de todo o mundo. Em Portugal, um professor já traduziu inclusivamente algumas das videoaulas, para que nem a língua seja um obstáculo.

A “Khan Academy” é, assim, uma espécie de sala virtual onde todos podem aprender, gratuitamente, onde quer que estejam e ao seu próprio ritmo. Já são mais de mil as lições disponíveis em linguagem informal e apelativa, para que até os mais jovens possam consolidar os seus conhecimentos em diversos ramos da ciência.

Salman Khan, de 34 anos, nunca foi professor; era um corretor em Silicon Valley, na Califórnia (EUA), que decidiu abandonar essa carreira para ajudar os alunos com mais dificuldades em acompanhar diversas disciplinas escolares. Desde então passa cerca de sete horas online, a orientar e a preparar as suas lições.

O seu canal no YouTube – clique aqui para visitar – é um dos 100 mais vistos, com mais de 70 mil subscritores. Contudo, as suas videoaulas já agregam mais de dois milhões e meio de visualizações.

E como é que tudo aconteceu? “Houve sempre uma parte de mim que queria envolver-se na educação. Há cinco anos, uma prima minha de Boston precisava de ajuda em Matemática e dei-lhe algumas lições. A partir daí, ensinei outros membros da família; alguns deles até já tinham horas marcadas para as lições. E aí ocorreu-me que poderia dar as lições no YouTube, para que ficassem disponíveis a qualquer hora. O feedback foi ótimo e comecei a receber cartas de várias pessoas que me diziam que aquelas videoaulas foram a razão por que não desistiram da escola”, disse Salman Khan em entrevista à CNN.

Dado o enorme sucesso, a Khan Academy assume-se já como uma organização sem fins lucrativos que na semana passada foi premiada pela Google com dois milhões de dólares e aplaudida por Bill Gates, fundador da Microsoft, que se assume um grande fã do trabalho de Salman Kahn.

Foram, aliás, os donativos de diversas entidades e indivíduos que permitiram que o norte-americano pudesse dedicar-se a tempo inteiro a esta atividade. O seu objetivo agora é criar uma equipa que o auxilie na tarefa e, mais tarde, disponibilizar as suas lições em DVD, para aqueles que não têm acesso à Internet.

Veja aqui uma das lições de Salman Khan sobre a Evolução Natural das Espécies.



Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório