i9magazine

Eurotrials: O poder da consultoria científica

Versão para impressão

Esta perspetiva de crescimento para o segmento das CRO (Contract Research Organizations) tem sido alimentada por programas de desenvolvimento clínico muito avançados e pela necessidade premente de criar novos produtos farmacêuticos em todo o mundo.

Atendendo ao facto da
de medicamentos inovadores, e consequentes ensaios clínicos (com elevadas taxas de insucesso), exigirem cerca de 15 anos até poderem chegar ao mercado, muitas empresas do setor recorrem a CRO. Farmacêuticas, bio farmacêuticas, indústrias biotecnológicas, fabricantes de dispositivos médicos, universidades, fundações e outras instituições governamentais tentam assim reduzir despesas de investigação e desenvolvimento para se poderem concentrar noutras atividades operacionais.

E é neste cenário que falamos da Eurotrials – Consultores Científicos. Pioneira em Portugal ao implementar novas atividades na área de investigação clínica teve a sua origem em 1995, em Lisboa, e foi a primeira CRO no país a obter a certificação ISO 9001.

Os serviços da Eurotrials cobrem a totalidade do processo de projetos de pesquisa clínica, translacional, isto é, a pesquisa que vai desde a pesquisa científica até à sua aplicação prática, ou epidemiológica. Devido ao know-how, multidisciplinariedade e especialização adquiridas ao longo de mais de 20 anos de atividade, a consultora científica é capaz de atuar desde a primeira fase da investigação clínica à sua conclusão, dando suporte ao produto em concordância com as especificações das exigências dos acordos regionais e globais. Ao oferecer um serviço completo, torna-se no parceiro ideal de investigação, contribuindo para o incremento do valor da pesquisa, em especial na área da biomedicina.

As competências do grupo permitem-lhe atuar no desenvolvimento de novos biofármacos, novas soluções terapêuticas, equipamentos médicos ou métodos de diagnóstico que vão desde a conceção e implementação de projetos de i&d, a estudos epidemiológicos e late stage research. Os profissionais da Eurotrials podem ainda responder a solicitações de ensaios clínicos, incluindo a sua gestão, monitorização e análise de dados, farmacovigilância, bioestatística, avaliação e auditorias de qualidade, regulamentação e escrita médica e científica.

Neurologia, oncologia, doenças infeciosas e vasculares, cardiologia e cirurgia são as vertentes de investigação nas quais a empresa tem mais experiência e ajudado no desenvolvimento de produtos inovadores.

Graças à perícia e conheciCaptura de ecra¦â 2016-03-28, a¦Çs 17.21.28mentos adquiridos no decorrer
da sua operacionalização, as fundadoras Inês Costa e Maria João Queiroz também criaram um serviço de formação privilegiada afeto às áreas de saúde que trabalham.

A Eurotrials está presente em Portugal, Espanha, Brasil, Argentina e Chile, sendo que em fevereiro deste ano abriu o seu escritório no México.

Para Maria João Queiroz, a “Eurotrials apostou desde muito cedo na América Latina, começando pelo Brasil e estendendo-se rapidamente para outros países, como a Argentina, o Chile e mais recentemente o México. Este crescimento e investimento deveram-se à posição diferenciadora da empresa na região, com a apresentação de uma gama de serviços que ia ao encontro das necessidades dos clientes nacionais e internacionais”. Como países em franca expansão na investigação e desenvolvimento de novos produtos bio farmacêuticos e dispositivos médicos, além de estarem mais próximos dos Estados Unidos, a presença nestes mercados foi, desde sempre, fundamental. Têm igualmente parcerias estabelecidas na Colômbia, Itália, Peru, Reino Unido, França e Alemanha.

Na atualidade, têm uma equipa de 150 colaboradores – 100 em Portugal e Espanha e 50 no outro lado do Atlântico. Maria João Queiroz garante que “cerca de dois terços dos profissionais da empresa trabalham em projetos de i&d, tanto i&d colaborativo, quanto i&d interno”. Avançou ainda o estabelecimento de uma parceria com Centro Clínico Académico de Braga – o 2CA-Braga, para a criação de um centro de ensaios clínico de fase I, early stage.

Até 2015, o grupo de consultoria científica promoveu mais de 750 ensaios clínicos e estudos observacionais e, até meados do mesmo ano, publicou mais de 50 artigos científicos e mais de 30 pósteres da especialidade.

De assinalar que a Eurotrials é membro da Rede de PME Inovadoras da COTEC e associada do Health Cluster Portugal e da Associação Portuguesa de BioIndustrias, bem como estabeleceu parcerias com várias universidades e institutos de i&d do setor da saúde, e com inúmeras empresas da indústria farmacêutica.

www.eurotrials.com

O conteúdo Eurotrials: O poder da consultoria científica aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub