Cultura

Europa: Museu de Portimão é o melhor do ano

O Museu de Portimão foi eleito o melhor do ano pelo Conselho da Europa e recebe terça-feira em Estrasburgo, França, o prémio de cinco mil euros, noticia a agência lusa. Há 20 anos que este prémio não era atribuído a um museu português.
Versão para impressão
O Museu de Portimão foi eleito o melhor do ano pelo Conselho da Europa e recebe terça-feira em Estrasburgo, França, o prémio de cinco mil euros, noticia a agência lusa. Há 20 anos que este prémio não era atribuído a um museu português.

O prémio, que dará ao museu um valor cinco mil euros e uma estatueta em bronze (“A mulher com belos seios”) de Joan Miró, “é muito importante porque reconhece um trabalho realizado desde os anos 80”, disse o presidente da câmara, Manuel da Luz, à Agência Lusa.

“Há 20 anos que este prémio não era atribuído a um museu português e [o museu de Portimão] concorreu a par de vários outros museus, incluindo portugueses também”, afirmou o autarca.

Manuel da Luz salientou ainda que “o museu de Portimão tem características muito próprias”. “Além do seu conteúdo, é um museu instalado na fábrica de conservas Seu, que representa uma actividade que durante muitos e muitos anos representou o sustento de vida de muitas pessoas e de largas centenas de famílias”, afirmou.

O autarca sublinhou que “as conservas e as pescas eram, em meados do século passado, as actividades principais do município de Portimão e hoje em dia as pessoas revêem-se neste museu, onde se sentem sempre em casa, porque têm um amigo, um familiar, que trabalhou numa fábrica de conservas”.

“Esta identidade ligada à nossa cultura e à nossa actividade económica primordial está representada de maneira pedagógica, de maneira didática, neste museu e é fácil entrar nele e mexer com os instrumentos de carácter tecnológico e interativos que permitem o contacto com informação que muitas pessoas desconheciam”, explicou.

O autarca sublinhou ainda o “trabalho que juntou várias geração de pessoas, com uma comissão instaladora que andava sempre a recolher espólio que era doado pelas pessoas com muito carinho, mas que era preciso tratar, preservar e instalar em condições favoráveis do ponto de vista climatérico, do ambiente”.

“E isso resultou em cheio com a reconversão do edifício da fábrica, onde se manteve o espólio dessa mesma fábrica, o que também é muito interessante”, concluiu.

O autarca disse que não estará em Estrasburgo para receber o prémio, mas enviou uma mensagem através da delegação da cidade “a dizer que é uma honra ser o museu do ano do conselho da Europa”, sobretudo por Portimão “ser um município que está longe de Lisboa”.

Exposições e outros prémios

Além deste galardão, o museu que foi recentemente distinguindo com menções honrosas referentes aos Prémios “Melhor Museu Português”, pela Associação Portuguesa de Museologia e “Novo Projecto Público” pelo Turismo de Portugal, e proposto pelo European Museum Forum para Melhor Museu Europeu.

Patente ao público está a exposição permanente – “Portimão – Território e Identidade”, estruturada em três percursos: “A Origem e Destino de uma Comunidade”, “A Vida Industrial e o Desafio do Mar” e “Do Fundo das Águas”, síntese da história do concelho.

Para além desta exposição referência, de longa duração, este espaço dispõe de duas salas de exposições temporárias e promove também programas pedagógicos e workshops onde ideias e conceitos inovadores são uma característica permanente.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório