Inovação e Tecnologia

EuroAtlantic quer investir no aeroporto de Beja

A companhia de aviação portuguesa EuroAtlantic quer construir uma unidade de manutenção de aeronaves no aeroporto de Beja, no Alentejo. A proposta apresentada à autarquia local prevê um investimento de 25 milhões de euros e a criação de 120 postos de
Versão para impressão
A companhia de aviação portuguesa EuroAtlantic quer construir uma unidade de manutenção de aeronaves no aeroporto de Beja, no Alentejo. A proposta apresentada à autarquia local prevê um investimento de 25 milhões de euros e a criação de 120 postos de trabalho.

“A EuroAtlantic entrou num concurso da ANA aeroportos de Portugal, que visava o licenciamento para a construção e instalação de hangares de manutenção no futuro aeroporto de Beja. Segundo a própria ANA a nossa proposta é a mais empreendedora e que apresenta maior índice de construção”, adianta o presidente da empresa Tomaz Metello que irá apresentar a proposta a Jorge Pulido Valente da Câmara de Beja ainda esta semana.

“Nós queremos fazer, em Beja, a base da manutenção da Boeing, agora precisamos de saber quais as condições reais”, contou Tomaz Metello ao Jornal de Negócios. A companhia aérea, fundada pelo empresário Tomaz Metello e participada pelo Grupo Pestana.

Também os serviços relacionados com Airbus estarão no horizonte da EuroAtlantic para o projecto de unidade de manutenção a instalar no aeroporto de Beja e que representará um investimento importante nesta zona interior de Portugal.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório