Saúde

EUA: Tumores benignos tratados com ultrassons

NULL
Versão para impressão

Médicos da Universidade da Virgínia, nos EUA, estão a aplicar um novo tratamento para tumores benignos que recorre a ultrassons em vez da remoção cirúrgica

Stephanie Small, de 27 anos, foi uma das pacientes a recorrer com sucesso ao tratamento. A jovem tinha uma fibroide no útero do tamanho de uma bola de futebol e, através da remoção cirúrgica, iria ficar impedida de ter filhos.

Para evitar a histerectomia (remoção do útero), Stephanie aceitou fazer o tratamento experimental com ultrassons Seis meses depois do tratamento, o tumor da jovem norte-americana reduziu drasticamente.

Até ao momento, o tratamento com ultrassons já foi aplicado em cerca de 7.000 mulheres com fibroides. Cerca de 90 por cento apresentaram redução dos tumores logo após os primeiros ultrassons.

“Este método oferece um tratamento que não envolve radiação nem cirurgia. Isso e um importante avanço”, explicou ao canal norte-americano CBS o médico Alan Matsumoto, diretor do departamento de radiologia da universidade.

Os ultrassons usados neste tratamento são dirigidos especificamente aos tumores sem danificar as outras células do corpo. Os investigadores estão agora a estudar maneiras de estender esta técnica aos tumores malignos.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório