Mundo

EUA proíbe brindes em refeições menos saudáveis

A cidade de San Francisco, nos EUA, tornou-se esta semana na primeira grande cidade norte-americana a proibir por lei a prática de distribuição de brinquedos em cadeias de restaurantes que não servem comida saudável para os mais novos.

Versão para impressão
[Fotografia: © AP]

A cidade de San Francisco, nos EUA, tornou-se esta semana na primeira grande cidade norte-americana a proibir por lei a prática de distribuição de brinquedos em cadeias de restaurantes que não servem comida saudável para os mais novos.

A medida estipula que as cadeias de restaurantes têm de respeitar determinados padrões nutricionais para que possam usar este tipo de marketing dirigido às crianças. As cadeias autorizadas têm de servir refeições com menos de 600 calorias que contenham frutas e vegetais e bebidas sem açúcar excessivo para poderem oferecer brindes.

“As nossas crianças estão doentes. As taxas de obesidade são incrivelmente altas”, explica à Reuters Eric Mar, um dos juristas que apoiou a iniciativa.

“É um desafio que lançamos á indústria de restauração para pensarem na saúde das crianças em primeiro lugar e juntarem-se aos restaurantes locais que já aderiram a esta iniciativa”, defende Mar.

O porta-voz local da cadeia de restaurantes McDonald´s mostrou-se insatisfeito com a decisão. “Estamos muito desapontados com a decisão. Não é o que os nossos clientes querem, nem algo que tenham pedido”, referiu Danya Proud.

“Ter um brinquedo junto com a comida é apenas mais uma parte divertida de uma experiencia familiar no McDonald´s”, afirmou Proud.

A medida entrará em vigor em dezembro ainda deste ano.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório