Mundo

EUA: primeiro transplantado de rosto recupera olfato

NULL
Versão para impressão
Dallas Wiens, o primeiro norte-americano a submeter-se a um transplante total de rosto afirmou, durante uma conferência de imprensa esta segunda-feira, que já se habituou à nova aparência e até recuperou a capacidade de cheirar novamente.

Dallas Wiens, de 26 anos, natural do Texas, apareceu com óculos escuros e barba para conceder uma coletiva de imprensa ao lado dos médicos que o operaram no hospital Brigham and Women de Boston.

“O meu rosto parece-me natural, como se fosse meu mesmo”, disse Wiens, embora tenha admitido que algumas partes de seu rosto ainda estavam inchadas e que precisa continuar com sua reabilitação para reconstruir as funções nervosas.

“Jamais poderei expressar a grandeza do que foi feito, do que me deram”, acrescentou, ao agradecer à família anónima do doador.

Wiens, eletricista de profissão, queimou totalmente o rosto em novembro de 2008 ao bater num fio de alta tensão. As queimaduras do trágico acidente apagaram totalmente a cara, desfigurando-o por completo.

A operação foi realizada em março por uma equipe de 30 pessoas liderada pelo cirurgião plático Bohdan Pomahac que trabalharam durante 15 horas para restituir uma aparência normal a Dallas.

Apesar de não conseguirem devolver os olhos ao jovem, o facto de Dallas ter recuperado o olfato foi uma vitória. A primeira coisa que sentiu depois de acordar foi uma lasanha de hospital. “Nunca iriam imaginar que poderia ter um cheiro tão delicioso”, disse aos jornalistas.

Para chegar a esta cirurgia, Wiens teve que passar por outras 24. O transplante foi financiado pelo exército norte-americano, que vê nestas cirurgias experimentais uma esperança para todos os militares que sofreram danos faciais na guerra.

[Notícia sugerida pela utilizadora Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub