Mundo

EUA: Pedido de casamento original com trailer no cinema

Um jovem londrino não quis que o seu pedido de casamento à namorada fosse apenas mais um. Quatro meses e um investimento de cerca de 3.000 euros depois, David Fearn conseguiu aquilo que queria.
Versão para impressão
Um jovem londrino não quis que o seu pedido de casamento à namorada fosse apenas mais um. Quatro meses e um investimento de cerca de 3.000 euros depois, David Fearn conseguiu aquilo que queria: um trailer de dois minutos com a história do seu namoro com Kelsey Rubenstein, protagonizado por crianças. O mesmo foi exibido numa sala de cinema de Los Angeles, antes do filme que os dois iam ver.
 

O aguardado momento aconteceu no passado dia 16 de Janeiro quando David levou a namorada, norte-americana, ao cinema, para ver 'True Romance', de Quentin Tarantino. O britânico tinha conseguido chegar a acordo com os responsáveis pelo espaço, que prometeram exibir o vídeo de dois minutos no grande ecrã, antes de o filme começar. 
 
E foi precisamente isso que aconteceu. O resultado de quatro meses de trabalho, a escrever e produzir o vídeo, David Fearn ajoelhava-se e surpreendia a namorada com o retrato de um ano de namoro, marcado pelos 13.000 quilómetros de distância que separavam o casal. No filme, David e Kelsey são interpretados por duas crianças (ele de onze e ela de oito anos de idade), que contam a sua história, desde o dia em que se conheceram, numa festa, até ao momento em que David decide atravessar o Atlântico para pedir Kelsey em casamento. 


A curta é pontuada por citações dos filmes e músicas preridas da norte-americana de 23 anos e passam por momentos como o verão apaixonado que os dois viveram, o ano passado, em Londres, e o sofrimento da despedida no aeroporto. No fim, quando as luzes da sala foram ligadas, David ajoelhou-se e pediu a companheira em casamento. A resposta, claro, foi um suspirado 'sim'.
 
O momento foi registado num vídeo de sete minutos que, entretanto, foi publicado no YouTube e mostra a família e amigos de Kelsey escondidos na parte de trás do auditório antes de parabenizar o casal.

“Amo a Kelsey desde o dia em que a conheci. É o amor da minha vida e casar-me com ela foi sempre uma certeza. Não quero saber se isso soa lamechas ou não. É o que sinto. É o que é”, diz David, fotógrafo de profissão. A ideia original de como se propor surgiu nas 16 semanas que o casal esteve sem se ver, durante as quais David sonhava com o momento em que ia voltar a estar com a namorada.


“Sabia que a queria impressionar com algo especial e que é quase como a sua própria estrela de cinema. Quando estamos juntos vemos imensos filmes, às vezes três por dia e o cinema também é destino recorrente das nossas saídas à noite”, conta, citado pelo Daily Mail. “Por isso lembrei-me que um filme sobre a nossa história era o ideal.
 
“Foi o gesto mais romântico de sempre e eu não conseguia parar de chorar e rir ao mesmo tempo durante o filme”, revela Kelsey, gerente de uma loja de roupa, em Los Angeles. “Às tantas estava tão confusa, porque não conseguia acreditar como é que ele tinha conseguido fazer aquele filme com a nossa história”. 

“Foi uma surpresa maravilhosa e uma experiência inesquecível.
Estou mesmo muito feliz… Há quem diga que é possível viver uma relação à distância, mas não. Não temos de nos sujeitar a isso. Podemos mudar, arriscar e viver o nosso próprio filme”, afirma.
 

O casamento está marcado para Janeiro de 2015 e David já está a pôr em ação os planos de se mudar para os EUA para, depois, se instalar em Los Angeles com a sua esposa.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub