Mundo

EUA: Menina sem mãos vence concurso de caligrafia

Uma menina que nasceu sem as duas mãos venceu a categoria do Prémio Nacional de Caligrafia dos EUA dirigida as pessoas com deficiência. Como prémio, Annie Clark, de Pittsburg, recebeu um troféu e mil dólares (cerca de 770 euros).
Versão para impressão
Uma menina de sete anos, que nasceu sem as duas mãos, venceu a categoria do Concurso Nacional de Caligrafia dos EUA dirigida as pessoas com deficiência. Como prémio, Annie Clark, de Pittsburg, recebeu um troféu e mil dólares (cerca de 770 euros).

Esta categoria especial do Concurso Anual de Caligrafia dos Estados Unidos – que já vai na 21 edição – foi inaugurada este ano, em homenagem ao estudante Maxim Nicholas, que também nasceu sem mãos e usa o antebraço para escrever mas mesmo assim fez questão de participar na edição do concurso de 2011.

A categoria Maxim Nicholas, agora inaugurada com o nome do aluno, está a aberta a alunos com deficiência física, intelectual ou cognitiva. Um outro prémio da recém inaugurada categoria foi atribuído a um estudante de Ohio que tem uma limitação visual.

“A Annie sempre foi muito determinada e muito independente, vestindo-se e comendo sozinha …Ela até anda de bicicleta e faz natação. Ela acha que não há nada que não consiga fazer”, disse o pai da criança citado pelo jornal Pittsburgh Post-Gazett.

Annie foi adotada por Tom e Mary Ellen Clark e tem oito irmãos – cinco deles, adotivos. Quatro dos filhos adotivos do casal têm deficiências que afetam as mãos ou os braços. Outras duas meninas têm síndrome de Down.
 
[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]  

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub