Mundo

EUA: Lei de imigração do Arizona suspensa

Uma juíza federal de Phoenix, no Arizona, suspendeu esta quarta-feira os pontos mais controversos da nova lei de imigração daquele estado norte-americano, que deveria entrar em vigor hoje e cujas restrições têm sido contestadas, inclusivamente pela A
Versão para impressão
Uma juíza federal de Phoenix, no Arizona, suspendeu esta quarta-feira os pontos mais controversos da nova lei de imigração daquele estado norte-americano, que deveria entrar em vigor hoje e cujas restrições têm sido contestadas, inclusivamente pela Administração Obama.

Bloqueada está, em particular, a disposição que permitia à polícia questionar “o estatuto de imigração de pessoa abordada, detida ou presa” por outras razões, se tivesse uma suspeita razoável de que aquela se encontra ilegal nos Estados Unidos.

A juíza bloqueou ainda as provisões da lei que obrigavam os imigrantes a andarem com documentos que provassem o seu estatuto legal, que impediam um imigrante ilegal de procurar ou realizar trabalho em organismos públicos e que autorizavam as detenções sem mandado nos casos de suspeita de que um indivíduo seria sujeito a deportação.

Na opinião da juíza, na nova lei existe “uma probabilidade substancial de que os agentes detenham erradamente imigrantes legais”.

Sete processos judiciais pedem a suspensão da lei, assinada pela governadora do Arizona, Jan Brewer, que qualificou a decisão judicial de como “um pequeno sobressalto”.

Ativistas em júbilo

A notícia do bloqueio da lei foi recebida com júbilo pela comunidade hispânica do Arizona e do resto dos Estados Unidos, segundo a agência Lusa que cita a Efe.

Grupos de ativistas contra a lei tinham marcado manifestações para quinta feira, que vão manter, mas possivelmente em dimensões menores.

“É uma vitória importante e celebramo-la, mas ainda é pequena, porque queremos uma mudança nas políticas repressivas contra os imigrantes no Arizona. Com ou sem a decisão da juíza, prosseguiremos com os nossos protestos e vigílias”, disse à Efe Nicole Torre, porta-voz de Promise Arizona, que agrega uma dezena de organizações envolvidas nas manifestações.

Calcula-se que existam no Arizona cerca de 460 mil imigrantes indocumentados, na maioria hispânicos, número que sobe para 12 milhões em todos os Estados Unidos.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório