Mundo

EUA: Iniciativa vai levar jovens carenciados a Harvard

O site 'Humans of New York', criado com o objetivo de retratar os habitantes daquela cidade, lançou uma campanha de 'crowdfunding' para levar jovens carenciados a visitar a Universidade de Harvard. A campanha está quase a terminar mas já angariou mai
Versão para impressão
O site 'Humans of New York', criado com o objetivo de retratar os habitantes daquela cidade, lançou uma campanha de 'crowdfunding' para levar jovens carenciados a visitar a Universidade de Harvard. A campanha está quase a terminar mas já angariou mais de 900 mil dólares.

Tudo começou depois de um aluno da Mott Hall Bridges Academy ter confessado ao administrador da página que a sua maior inspiração era a diretora da escola, Nadia Lopez.


O depoimento de Vidal (na foto) permitiu o ínicio desta campanha, que já angariou quase 900 mil dólares (cerca de 800 mil euros) © Humans of New York

“Quando nos metemos em problemas, ela não nos suspende. Ela chama-nos até à sala e explica como a sociedade foi construída à nossa volta. Diz-nos também que sempre que alguém abandona a escola, é construída uma nova cela na prisão. Uma vez, ela fez-nos levantar, um de cada vez, e disse-nos 'Tu és importante', a cada um de nós”, contou Vidal ao responsável daquela página criada em 2010 e que tem já perto de 12 milhões de 'gostos'.

O depoimento do jovem foi publicado a 19 de Janeiro, e teve mais de um milhão de 'likes' e 140 partilhas na rede social Facebook. Devido a esta repercussão, o administrador da página começou uma campanha de angariação de fundos para ajudar Vidal, mas também todos os jovens daquela escola situada em Brownsville (um dos bairros mais problemáticos de Nova Iorque), a visitarem uma das universidades mais prestigiadas do mundo.

O objetivo desta visita, é “levar os alunos a Harvard, para verem como é uma universidade e como se sentem lá dentro”, como se pode ser na descrição na página oficial da iniciativa. A mesma descrição explica ainda que esta experiência “poderá abrir os horizontes destes jovens e fazê-los acreditar mais no seu potencial”.

“As pessoas mostram o seu preconceito quando se diz que estas crianças são de Brownsville. Estes jovens precisam de saber que também podem ter sucesso”, explica a diretora da escola na mesma página.

A campanha, que termina dia 5 de Fevereiro, já angariou mais de 875 mil dólares (quase 800 mil euros), um valor muito superior aos 100 mil dólares (cerca de 90 mil euros) inicialmente previstos.

30 mil dólares é o custo da viagem para uma turma

“Em cada ano, um conjunto de educadores e diretores escolherá os beneficiários desta iniciativa”, explica o mentor da campanha. Vidal será o primeiro aluno a ir a Harvard.

Numa escola com poucos recursos, esta ação torna-se importante para levar os alunos, sem recursos financeiros para esta jornada, a conhecerem a realidade de uma das faculdades mais prestigiadas do mundo.

30 mil dólares (cerca de 26 mil euros) é o custo médio da viagem por cada turma. “Quero que os meus estudantes saibam que não pertencem a um único lugar”, reforça Nadia Lopez.

O fundo vai-se chamar The Vidal Scholarship Fund (Fundo de Bolsas Vidal, em português), e tem também como objetivo “apoiar os alunos desta escola nos próximos anos”, como se pode ler na página.

Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório