Mundo

EUA: Idosa percorre mil km para reencontrar cão roubado

Wyolene Richardson, de 83 anos, reencontrou o seu cão Smokey em Chicago, a mil quilómetros de casa. O animal, de raça poodle, tinha sido roubado de casa há cerca de um ano.
Versão para impressão
Wyolene Richardson, de 83 anos, reencontrou o seu cão Smokey em Chicago, a mil quilómetros de casa. O animal, de raça poodle, tinha sido roubado de casa há cerca de um ano.
 
De acordo com o Chicago Tribune, Wyolene pôde finalmente reencontrar, no dia 7 de Abril, o seu companheiro canino, que no ano passado tinha sido roubado.
 
Em 2011, Smokey foi raptado e transportado num veículo que desapareceu sem deixar rasto. De acordo com a porta-voz da Sociedade Anti-Crueldade, momentos antes do roubo, Wyolene tinha sido sondada por um estranho que lhe terá perguntado o valor do animal.
 
Aparentemente, o rapto não teve muito sucesso porque o cão foi encontrado mais tarde por um casal, enquanto vagueava sozinho num parque de estacionamento de um shopping.
 
Entretanto, a nova família de acolhimento do Smokey mudou-se para os arredores de Chicago e foi lá que localizaram a dona do cão, graças a um código gravado na coleira, que permitiu identificar a licença municipal. O casal entrou em contacto com os serviços do estado da Georgia, que conseguiram contactar Wyolene. 
 
A distância e a idade da senhora só a permitiram ir resgatá-lo na semana passada à Sociedade Anti-Crueldade de Chicago, a cerca de mil quilómetros do local onde vive.
 
De acordo com a entidade protetora dos animais, este tipo de reencontro, após um roubo, é muito invulgar, especialmente porque Smokey não podia ser identificado através de chip. 

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório