Mundo

EUA: Homem acorda do coma e casa no dia de Natal

Uma queda de 15 metros de altura levou Tommy Jeglum para um estado de coma do qual os médicos viam poucas hipóteses de recuperação. No entanto, três meses depois, Jeglum acordou, decidido a passar o resto da vida ao lado da mulher com quem tinha marc
Versão para impressão
Uma queda de 15 metros de altura levou Tommy Jeglum para um estado de coma do qual os médicos viam poucas hipóteses de recuperação. No entanto, três meses depois, Jeglum acordou, decidido a passar o resto da vida ao lado da mulher com quem tinha casamento marcado.
 
Foi em Junho que tudo aconteceu. Tommy, operador de telecomunicações, tinha pedido Regina em casamento e todos os dias ajudava a noiva a preparar a cerimónia, marcada para o final do ano.

Contudo, num dia normal de trabalho, o jovem de 24 sofreu o acidente que o levou para a cama de um hospital durante meses: caiu do cimo de um poste cuja altura era superior a 15 metros, ficando com ferimentos que o levaram ao coma.
 

Os médicos diziam que as probabilidades de um final feliz eram mínimas, apontamento mesmo apenas para 10% de hipóteses. Alertavam a família para a eventualidade de um coma indeterminado ou até mesmo de estado vegetativo incontornável.
 
Ainda assim, Tommy resolveu contrariar as estatísticas e, cerca de três meses mais tarde, estava a acordar do coma. Desde então que tem dado prova de grandes melhoras, conseguindo mesmo realizar o sonho de levar a mãe dos seus dois filhos, Regina, ao altar no dia de Natal, em Sacramento.
 
“Está melhor de dia para dia”, conta a, agora, esposa de Tommy, à Fox40. “É incrível ver os nossos filhos com o pai de volta, a poder abraçá-los e beijá-los todos os dias”. 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub