Mundo

EUA e Rússia concordam com desarmamento nuclear

O novo tratado de desarmamento nuclear entre a Rússia e os EUA será assinado a 8 de Abril em Praga. O acordo entre as duas maiores potências prevê um limite de 1550 ogivas nucleares em cada país, uma redução de 30% face às 2200 permitidas pelo acordo
Versão para impressão
O novo tratado de desarmamento nuclear entre a Rússia e os EUA será assinado a 8 de Abril em Praga. O acordo entre as duas maiores potências prevê um limite de 1550 ogivas nucleares em cada país, uma redução de 30% face às 2200 permitidas pelo acordo anterior e marca um passo importante na melhoria de relações entre os dois países.

 Após muitas negociações, o governo russo e norte-americano renovam assim o acordo START, assinado em 1991 e que tinha expirado em Dezembro passado. O acordo selado pelo presidente dos EUA Barack Obama com o congénere russso Medvedev reforçará a cooperação e as relações estratégicas entre os dois, um dos objetivos a que Obama se propôs.

O acordo para o novo tratado START delimita e impõe máximos para as armas estratégicas ofensivas entre os dois países. Arsenais de mísseis e ogivas nucleares como plataformas de lançamento serão também reduzidas a 800, fazendo deste pacto um dos mais bem sucedidos das últimas décadas, de acordo com o jornal The Guardian. 

Segundo frisou a chefe da diplomacia norte-americana, Hillary Clinton, o pacto envia uma mensagem clara ao Irão e à Coreia do Norte, segundo a qual EUA e Rússia pretendem liderar o desarmamento nuclear.

Pormenor relevante é ainda Praga como local escolhido por Obama para a assinatura do Tratado. Foi nessa cidade da República Checa que em Abril do ano passado o presidente norte-americano declarou a sua vontade de um mundo livre de armas nucleares.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório