Ambiente

Estuário do Sado recebe nova cria de golfinho-roaz

Na passada quarta-feira, à tarde, foi avistado pela primeira vez a nova cria de golfinho roaz do estuário do Sado. De nome Sapal, o golfinho revelou uma barbatana dorsal ainda muito dobrada pelos 12 meses passados no útero da mãe.
Versão para impressão
Na passada quarta-feira, à tarde, foi avistado pela primeira vez a nova cria de golfinho roaz do estuário do Sado. De nome Sapal, o golfinho revelou uma barbatana dorsal ainda muito dobrada pelos 12 meses passados no útero da mãe.
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) revela que Sapal fez a sua primeira aparição junto da embarcação Nautur, uma das empresas licenciadas para atividades de observação de cetáceos no Sado.

A progenitora é ainda uma incógnita uma vez que, nos primeiros meses de vida, as crias de golfinho são protegidas quer pela mãe, quer pelas restantes fêmeas adultas do grupo.

 
As primeiras semanas de vida são essenciais para a sobrevivência da cria, pelo que o ICNF pede a presença do menor número possível de embarcações (tanto marítimo-turísticas como particulares) nas proximidades do grupo da nova cria.
 
O nome Sapal foi um dos selecionados no concurso aberto ao público que o ICNF lançou o ano passado para escolher os nomes dos novos elementos da população de roazes.

Depois de Todi, nascido em 2012, e de Ácola, um jovem roaz oriundo da zona costeira, Sapal é o golfinho mais novo do estuário, que agora alberga um total de 28 indivíduos.


Notícia sugerida por Elsa Martins e Elsa Fonseca

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub