Ciência

Estacão Espacial transforma hidrogénio em água

Esta semana chegou à Estacão Espacial Internacional (EEI) um sistema capaz de extrair água do hidrogénio e do dióxido de carbono, noticia a revista norte americana Aviation Week. Até à data, a única maneira que os residentes da Estacão Espacial I
Versão para impressão
[Foto: NASA]

Esta semana chegou à Estacão Espacial
Internacional (EEI) um sistema capaz de extrair água do hidrogénio
e do dióxido de carbono, noticia a revista norte americana Aviation
Week. Até à data, a única maneira que os residentes da Estacão Espacial
Internacional tinham de conseguir água era através de um equipamento de
reciclagem de urina.

O Sistema Reativo Sabatier que chegou à estacão é capaz de dar origem a mais de 900 quilos de água por ano. Este sistema utiliza um processo químico descoberto pelo Nobel da química, o francês Paul Sabatier, que descobriu que a combinação de elevadas temperaturas e pressões pode transformar hidrogénio e dióxido de carbono em metano e água.

Por enquanto, o metano gerado por este sistema será lançado para o espaço. A água vai ser usada para vários fins, como por exemplo para lavagens, mas não será ainda usada para consumo humano porque necessita de um tratamento adicional.

O objetivo da NASA e tornar a estação cada vez mais auto suficiente, o que resultará também numa enorme redução de custos com lançamentos de vaivéns. O SpaceX é uma das naves que fornece regularmente a Estação Espacial Internacional com água e outros bens essenciais.

A equipa da missão STS-131 do shuttle Discovery descolou este sábado da EEI, concluindo uma expedição que levou aos residentes da estação 7,6 toneladas de abastecimentos e equipamentos.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório