Cultura

Espanha premeia restauração de mosteiro luso

Em dois anos, o trabalho de recuperação do mosteiro de Santa Clara-a-Velha, em Coimbra, já foi premiado três vezes. Dois desses prémios são internacionais, sendo que um deles foi atribuído na semana passada, em Espanha, pela Junta de Castela e Leão.<
Versão para impressão
Em dois anos, o trabalho de recuperação do mosteiro de Santa Clara-a-Velha, em Coimbra, já foi premiado três vezes. Dois desses prémios são internacionais, sendo que um deles foi atribuído na semana passada, em Espanha, pela Junta de Castela e Leão.

O Prémio Internacional AR&PA 2010 foi recebido por António Pita, diretor da Direção Regional da Cultura do Centro (DRCC), em Valladolid, juntamente com os arquitetos Alexandre Alves Costa e Sérgio Fernandez, autores do projeto de requalificação daquele mosteiro de Coimbra.

“Este é um prémio muitíssimo honroso e muitíssimo significativo também, quer em termos nacionais, quer em termos internacionais”, disse à agência Lusa António Pita, acrescentando que estes galardões “são os únicos existentes em Espanha na sua categoria e reconhecem o trabalho de pessoas e instituições em favor da conservação, investigação e intervenção em bens integrantes do património histórico”.

Em junho, o trabalho de recuperação de Santa Clara-a-Velha foi também distinguido em Istambul, na Turquia, com o prémio Europa Nostra, na área da conservação e restauro. A esse somou-se o Prémio Internacional atribuído no âmbito da VII Bienal de Restauro e Gestão do Património.

“Este é o resultado de um trabalho de muitos anos, muito sério e complexo, na área da conservação e restauro”, referiu na ocasião o coordenador da equipa de projeto do mosteiro, Artur Côrte-Real, também em declarações à Lusa.

[Notícia sugerida pela utilizadora Elsa Vieira]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório