Sociedade

Escolas dão novo impulso ao setor da construção

O setor da construção e obras públicas registou no segundo trimestre um aumento de 22,1% de novas encomendas em comparação com o mesmo período no ano passado. O Instituto Nacional de Estatística (INE) explica este crescimento pelo aumento da componen
Versão para impressão
O setor da construção e obras públicas registou no segundo trimestre um aumento de 22,1% de novas encomendas em comparação com o mesmo período no ano passado. O Instituto Nacional de Estatística (INE) explica este crescimento pelo aumento da componente pública com a construção de novos edifícios escolares.

Este crescimento é um sinal positivo para o setor da construção que tem sido dos mais afetados pela crise, pelo desemprego, pela quebra nas adjudicações e contenção orçamental.

Os dados do INE revelam que o segmento construção de edifícios registou no segundo trimestre de 2010 um aumento homólogo de 12,2% (que compara com uma queda de 21,4% no trimestre anterior). No entanto, segundo o INE, excluindo os edifícios escolares, este segmento registou uma queda de 9,6%.

Já a componente de obras de engenharia apresenta um comportamento mais favorável do que a construção de edifícios, tendo subido 38,5% em termos homólogos.

Os dados ontem divulgados pelo INE vêm assim reanimar o setor, que, segundo a Federação da Construção, FEPICOP, perdeu 140 mil trabalhadores desde 2002, com a produção a cair 31%.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório