Sociedade

“Escola Mágica” ajuda alunos a estudar na Internet

O projeto de "e-learning" Escola Mágica, desenvolvido pela Escola de Negócios e Administração (ENA)é utilizado por mais de 140 mil alunos em Portugal.
Versão para impressão
Nasceu há três anos em Vila Nova de Gaia e está a revolucionar a forma como aprendem milhares de crianças portuguesas. O projeto de “e-learning” Escola Mágica, desenvolvido pela Escola de Negócios e Administração (ENA) daquela cidade, é utilizado por mais de 140 mil alunos em todo o território português e já deu o grande salto para a internacionalização.  
 
A “Escola Mágica” é um portal online que permite a professores e estudantes organizar as próprias aulas tendo por base as suas competências e capacidades e surgiu, inicialmente, de uma vontade de “tornar o ensino da matemática mais atrativo para os alunos portugueses”, segundo explicou à Lusa o diretor da ENA, Luís Aguiar Falcão, responsável pelo desenvolvimento da iniciativa. 
 
O projeto começou por ser criado apenas para “os alunos do primeiro e segundo anos do primeiro ciclo”, partindo do princípio de que, como “as crianças portuguesas gostam de tecnologia”, esta escola virtual poderia ser uma boa forma de as motivar para a aprendizagem. A reação foi tão positiva que, com o apoio das autarquias, a “Escola Mágica” ganhou dimensão e acabou por ser lançada a nível nacional em Setembro de 2011. 
 
A partir desse momento, o alargamento da plataforma a outros países tornou-se uma evolução natural até porque “com a recessão dos mercados, a ideia ganhou ainda mais força”. De acordo com Aguiar Falcão, esta realidade levou à “procura dos grandes mercados da língua portuguesa como Angola ou o Brasil”, já que “o mercado português é muito limitado e tem problemas financeiros”. 
 
Este site de conteúdos didáticos já atraiu também as atenções de profissionais noutros países como a Holanda, a Índia ou a Nigéria mas, na opinião do seu mentor, continua a haver muito por fazer. Para Aguiar Falcão, o projeto deverá “alargar-se a outros públicos como pais, professores e, mais tarde, instituições”, de modo a integrar todos estes elementos no processo de educação.
 
Por enquanto, a aposta é a melhoria deste programa educativo que se espera que, futuramente, seja também aplicado ao ensino secundário e ao ensino de adultos. O próximo passo será o lançamento de uma versão atualizada ao nível da forma e dos conteúdos, que terá lugar no dia 10 de Abril. 
 
Clique AQUI para conhecer a Escola Mágica e AQUI para visitar a página do projeto no Facebook. 

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório