Ambiente

Escócia: Enguia libertada para viajar até aos Açores

NULL
Versão para impressão

Uma enguia macho com 1,8 metros de comprimento que vivia no aquário escocês de MacDuff, foi lançada ao mar, a semana passada, na Escócia, em direção ao arquipélago de Açores, Portugal. Os seus tratadores esperam que no fim desta viagem de 3,2 mil quilómetros a enguia encontre uma parceira para se reproduzir.

Depois de viver no aquário desde 2004, os tratadores da enguia Rip perceberam pelo seu comportamento inquieto que estava na hora de o soltar para o oceano a fim de cumprir o ritual de procriação, nas profundezas dos mares açorianos.

Segundo o Aquário, para ser lançada ao mar, a enorme enguia teve de ser içada do tanque através de um guindaste. “Esperemos que ele realize a sua longa viagem até aos Açores”, disseram os responsáveis pela operação no Facebook oficial do MacDuff.

Se a enguia conseguir chegar às ilhas dos Açores e encontrar sua companheira, deverá morrer pouco tempo depois de reproduzir, como acontece com os esta espécies de peixe.

“A parte triste da história”, diz Claire Matthews, administradora do aquário que particiou na libertação do animal, “é que depois de chegar aos Açores Rip deverá morrer mas ao menos vai morrer feliz”.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório