Sociedade

Empresário português ajudará mineiro chileno

A convite de um empresário português, Dário Segóvia Rojo, o 20º mineiro a ser retirado com vida da mina no Chile no final do ano passado, visita esta sexta-feira a cidade de Estarreja para concretizar o sonho de abrir uma loja de frutas.

Versão para impressão
A convite de um empresário português, Dário Segóvia Rojo, o 20º mineiro a ser retirado com vida da mina no Chile no final do ano passado, visita esta sexta-feira a cidade de Estarreja para concretizar o sonho de abrir uma loja de frutas.

“Quando foi resgatado, o mineiro revelou um sonho: abrir uma frutaria e abandonar as minas. A 10 mil kms de distância, um empresário estarrejense escutou-o e quer ajudá-lo a realizar esse sonho”, justifica a autarquia em comunicado oficial.

Dário Rojo terá direito a uma receção oficial. De manhã visitará uma loja em Aveiro e depois a sede do grupo Frutas Ernesto, que lhe prometeu ajuda na criação de uma frutaria no Chile depois de o empresário português Ernesto Couras e a mulher, Rosa Candeias, terem ouvido que Dário Rojo revelou o seu sonho na televisão.

Parte da estrutura da mina de S. José, no Chile, cedeu a 5 de agosto de 2010.Trinta e três mineiros ficaram presos a mais de 600 metros de profundidade.

Foram todos resgatados um a um mais de dois meses depois, entre 12 e 13 de outubro, numa mediática operação transmitida em direto pela televisão em todo o mundo.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub