Sociedade

Empresa familiar algarvia adoça mercado alemão

No Algarve, uma família decidiu criar uma empresa de produção artesanal de bombons que combina produtos regionais com chocolate belga. A receita está a conquistar cada vez mais adeptos e, para além de abastecer o mercado nacional, já é exportada para
Versão para impressão
No Algarve, uma família decidiu criar uma empresa de produção artesanal de bombons que combina produtos regionais com chocolate belga. A receita está a conquistar cada vez mais adeptos e, para além de abastecer o mercado nacional, já é exportada para a Alemanha. 
 
A produção é feita a partir da própria residência, em Loulé, onde um casal e as duas filhas, ambas de 29 anos, pegaram em produtos típicos como o figo, a laranja, a alfarroba, a amêndoa e o medronho e os decidiram cobrir de chocolate belga. O resultado são “latinhas com dez a doze bombons especiais” como, por exemplo, os chocofigos, feitos com o tradicional figo seco algarvio. 
 
Para além deste, a família Guerreiro quis apostar também em produtos como casca de laranja, amêndoa, farinha de alfarroba e aguardente de medronho. O objetivo é valorizá-los, envolvendo-os, à mão e de forma artesanal, no mais famoso chocolate do mundo. Para isso, e para pôr esta microempresa familiar em marcha, bastou um investimento de 5.000 euros e as instalações próprias.
 
Depois de entrar no mercado nacional em lojas gourmet e mercearias, as iguarias já atravessaram fronteiras, chegando a mercados de Berlim e Hamburgo, na Alemanha, para onde foram exportadas mais de '”mil latas de Chocofigo” só este Natal. 
 
Quem o conta é o chefe da família, Baltazar Guerreiro, de 52 anos, que adiantou estarem também a ser produzidas barritas 'fitness' e que os próximos passos passam pelo Luxemburgo, Bélgica, França, Inglaterra, EUA e Canadá.
 
 “Os contactos estão feitos, agora vamos ver como corre”, revela à Lusa, avançando ainda com a notícia de uma nova parceria com uma cadeia de lojas gourmet em Portugal.
 
A ideia de juntar num produto único o figo seco e o chocolate belga surgiu em 2007 e desde essa altura que o “Chocofigo, o Chocoamêndoa e a Chocolaranja” começou a ser divulgado em feiras de artesanato. Atualmente, é vendido para cidades como o Porto, Lisboa, Aveiro, Guimarães e toda a região algarvia.

Conheça mais sobre esta empresa familiar AQUI, na sua página de Facebook.

Notícia sugerida por Patrícia Guedes

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub