Sociedade

Emergência: Setúbal cria heliporto

A Câmara de Setúbal está a investir cerca de 8500 euros na instalação de uma plataforma de aterragem de helicópteros de socorro na zona do Parque da Algodeia, para facilitar a deslocação de meios de socorro aéreos à cidade.
Versão para impressão
A Câmara de Setúbal está a investir cerca de 8500 euros na instalação de uma plataforma de aterragem de helicópteros de socorro na zona do Parque da Algodeia, para facilitar a deslocação de meios de socorro aéreos à cidade.

Segundo comunicado divulgado pela autarquia, noticiado pela Lusa, o projeto insere-se no plano municipal de intervenção do centro histórico, que está a ser desenvolvido pela Protecção Civil municipal e pelos bombeiros.

A infraestrutura, com uma zona central de aterragem e descolagem com 15 metros de diâmetro e outras duas zonas periféricas de segurança (com 30 e 40 metros de diâmetro), “deverá estar operacional no final de setembro”.

“A nova plataforma viabiliza ações mais eficientes no combate a sinistros e situações de emergência na área antiga da malha urbana de Setúbal e zona envolvente, caracterizada por arruamentos estreitos e sinuosos e um conjunto edificado envelhecido”, refere o comunicado.

A autarquia anunciou também hoje um investimento superior a 40 mil euros em intervenções de reparação e conservação dos interiores de alguns fogos de arrendamento social do Bairro da Bela Vista.

As obras deverão estar concluídas em novembro.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub