Mundo

Elizabeth Taylor doou parte da fortuna à caridade

A última diva de Hollywood, a atriz norte-americana Elizabeth Taylor, que morreu na passada semana, sempre foi uma ativista na pesquisa e cuidados para os pacientes do VIH/Sida, e deixou parte da sua fortuna multimilionária a instituições de caridade
Versão para impressão
A última diva de Hollywood, a atriz norte-americana Elizabeth Taylor, que morreu na passada semana, sempre foi uma ativista na pesquisa e cuidados para os pacientes do VIH/Sida, e deixou parte da sua fortuna multimilionária a instituições de caridade relacionadas com a luta contra a doença.

A atriz doou assim mais de metade da sua fortuna, avaliada em 600 milhões de dólares, a instituições de investigação para a cura da SIDA e clínicas especializadas no tratamento de portadores de VIH, conforme avança o jornal “The New York Post”.

Muitas dessas instituições foram fundadas pela própria, como a Elizabeth Taylor AIDS Foundation e a amfAR (American Foundation for AIDS Research), a instituição solidária que fundou em 1985 depois de um dos seus melhores amigos ter morrido devido à doença.

A outra parte da herança deve ir para os seus quatro filhos e alguns dos seus empregados mais próximos. Ainda a sua coleção de jóias, com um valor estimado de 150 milhões de dólares, irá ser leiloada e o dinheiro irá reverter para estas instituições que fundou e apoiava enquanto estava viva.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub