Sociedade

Efetivos na GNR e PSP serão reforçados

O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, garantiu que, apesar da atual conjuntura de crise, o Governo irá apostar no reforço das forças de segurança com o recrutamento de dois mil efetivos para a GNR e PSP.

Versão para impressão
[Fotografia: O novo posto da GNR inaugurado em Arouca]

O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, garantiu que, apesar da atual conjuntura de crise, o Governo irá apostar no reforço das forças de segurança com o recrutamento de dois mil efetivos para a GNR e PSP.

“Estamos a desenvolver cursos para o recrutamento de mil militares para a GNR e mil agentes para a PSP a nível regional, que nos permitirão manter os elevados níveis de segurança, prevenção e repressão da criminalidade que existem no nosso País”, garantiu Rui Pereira.

O governante falava durante a cerimónia de inauguração do novo posto da GNR em Arouca, que custou cerca de 1,7 milhões de euros, um “investimento significativo, que permitiu dotar a GNR de um quartel moderno, funcional e digno”.

O novo quartel da GNR inaugurado este sábado começou a ser construído em janeiro de 2009, num terreno cedido pela Câmara de Arouca em pleno centro da vila e corresponde a um anseio de décadas.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub