Saúde

Doenças reumáticas estudadas em Portugal

A Sociedade Portuguesa de Reumatologia (SPR) vai realizar em abril de 2011 um estudo inédito sobre as doenças reumáticas em Portugal no qual irão participar 10 mil pessoas em todo o país. O EpiReumaPt está orçado em cerca de 1,6 milhões de euros e te
Versão para impressão
A Sociedade Portuguesa de Reumatologia (SPR) vai realizar em abril de 2011 um estudo inédito sobre as doenças reumáticas em Portugal no qual irão participar 10 mil pessoas em todo o país. O EpiReumaPt está orçado em cerca de 1,6 milhões de euros e terá a duração de dois anos.

“Existem poucos estudos epidemiológicos em Portugal e há a necessidade de se proceder a este estudo para termos um retrato real do que se passa no país, pois a prevalência é estabelecida na sua esmagadora maioria a partir dos outros países da Europa, o que em rigor não é totalmente verdade”, afirmou o especialista açoriano e presidente da SPR Luís Maurício.

A SPR vai abordar 8.000 pessoas em Portugal continental, 1.000 na Madeira e 1.000 nos Açores. Os inquéritos serão feitos porta a porta e visam “identificar indícios ou sintomas de alguma doença osteoarticular”.

“Não há reumatismo, mas doenças reumáticas, o que significa que as doenças reumáticas são muitas, mais de 100, e não afetam apenas idosos, pois podem atingir todas as faixas etárias”, frisou o especialista.

Caso existam sintomas, os inquiridos serão observados por um reumatologista e farão exames complementares de diagnóstico e em situações que se justifiquem, uma avaliação da massa óssea. Os exames serão realizados em carrinhas móveis.

Luís Maurício destacou ainda importância deste estudo “em termos de planeamento na área da saúde e para uma orientação estratégica em relação às formas mais convenientes de prevenir e tratar”.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório