Ciência

Dirígivel único desenvolvido por portugueses já voou

NULL
Versão para impressão
O GAYA, um dirigível único no mundo e amigo do ambiente desenvolvido totalmente por portugueses, foi esta semana apresentado ao público na Alfândega do Porto com o voo inaugural de um protótipo com seis metros de comprimento, três de altura e três de envergadura.

Batizado com o nome da Deusa da Terra pela empresa que o produziu, a Nortávia, este dirigível distingue-se por ser amigo do ambiente, económico, seguro e eficiente. À prova de queda e alimentado a hélio (um gás não inflamável) o GAYA é capaz de manter-se no ar durante horas, dias ou meses.

Além disso, a possibilidade de descolagem e aterragem vertical conferem-lhe uma grande versatilidade, tornando desnecessária a existência de infraestruturas complexas de suporte como é o caso dos aeroportos.

Depois de um processo que durou cinco anos, o protótipo desta aeronave, que utiliza apenas materiais nacionais – quer em termos de aerodinâmica como de sistemas de propulsão e de controlo – levantou finalmente voo perante muitos olhares curiosos e sob os aplausos dos presentes.

De acordo com os seus criadores, o GAYA é uma solução pioneira para o transporte aéreo de pessoas e mercadorias, tendo também como missões ser utilizado em ações de vigilância e de ajuda humanitária.

A próxima fase terá como objetivo a expansão do projeto com vista à comercialização, que dependerá de parcerias e investimentos.

Clique AQUI para ler a notícia do anúncio do protótipo feito em Junho pela Nortávia e para saber mais sobre o dirigível.

[Notícia sugerida por Teresa Semedo]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório