Saúde

Diretor do Centro Champalimaud distinguido nos EUA

NULL
Versão para impressão
Zvi Fuks, diretor do Centro de Investigação Champalimaud, foi eleito membro do Instituto de Medicina da Academia Nacional de Ciências norte-americana. A distinção homenageia o trabalho do investigador na pesquisa sobre o cancro.

A notícia foi avançada pelo próprio Instituto Champalimaud no seu site oficial. O organismo congratula-se com o facto de Zvi Fuks ter sido agraciado com esta eleição, classificada como “uma das maiores honras da ciência e da medicina”.

Zvi Fuks, médico e cientista de origem israelita, é reconhecido internacionalmente pelas suas contribuições para os avanços na cura do cancro humano com radiação.

Entre essas contribuições está o desenvolvimento conceptual e a aplicação da irradiação de um raio de eletrões na totalidade da pele com linfoma cutâneo, bem como novas definições do papel da radioterapia no cancro do ovário.

Mais recentemente, Zvi Fuks tem-se dedicado essencialmente ao aperfeiçoamento da terapia de radiação modulada de intensidade tridimensional enquanto nova modalidade na radiologia.

A cerimónia que assinala a eleição decorrerá hoje, durante o encontro anual do Instituto de Medicina, nos Estados Unidos da América.

Desde o início de 2011 que Zvi Fuks assumiu o cargo de diretor do Centro de Investigação Champalimaud.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório