Saúde

Dia Mundial da Voz assinalado de norte a sul do país

O Dia Mundial da Voz, esse importante instrumento de comunicação, volta a assinalar-se a 16 de Abril. Em Portugal, há eventos previsto de norte a sul do país. O Boas Notícias deixa também algumas dicas para manter uma voz saudável.
Versão para impressão
O Dia Mundial da Voz, esse importante instrumento de comunicação, volta a assinalar-se a 16 de Abril. Em Portugal, há eventos previsto de norte a sul do país que contam com concertos, rastreios e outras iniciativas. Para assinalar o dia, o Boas Notícias deixa também algumas dicas para manter uma voz saudável. 
 
No total, são 25 eventos que animam o país recordando a importância da voz e partilhando dicas para manter uma voz saudável. 
 
Neste dia será inaugurado, no Youtube, o projeto TvVoice, fundado por dois Terapeutas da Fala, oriundos de Portugal e do Chile. O objetivo é dar visibilidade ao trabalho nas diferentes áreas da Voz, quer a nível científico quer a nível artístico.
 
Em Lisboa, a Sociedade Portuguesa de Terapia da Fala recebe, no Teatro A Barraca, em Santos, dois convidados especiais para uma conversa com o público – o otorrinolaringologista Luís Antunes e o ator Miguel Martins, que fará a recitação de poemas. 
 
Em Setúbal, no dia 17, decorrem as Jornadas ‘Voz em Prática’ no Edifício Sede, Campus do IPS – Estefanilha. O evento conta com vários especialistas que vão partilhar técnicas para falar em público, métodos para reabilitar a voz apos lesão e outros assuntos. A entrada é livre mas é necessário fazer uma inscrição prévia. 
 
Aveiro tem vindo a assinalar a data com uma série de concertos, desde o dia 14. Na quinta-feira, pelas 14h30, é vez de assistir a um concerto com músicas do século XIX e XX, no Conservatório de Música da cidade.

No Porto, o Hospital de Santo António recebe, quinta-feira pelas 10h, a iniciativa “Como cuidar da sua voz” que conta com divulgação de informação e um momento musical de alunos da Escola de Musica do Porto. No dia 18, pelas 18h, a Escola Superior de Música do Porto realiza um concerto que decorre na sala 210. 

Voz reforça identidade e comunicação

 
Na semana em que se assinala este Dia Mundial da Voz, o Boas Notícias falou com Tânia Reis, terapeuta da Fala na Relicário dos Sons, que deixa aos nossos leitores algumas dicas para manter a voz saudável.
 
A voz “é um instrumento que tem características pessoais de indivíduo para indivíduo, reforçando a nossa identidade e comunicação”, explica a terapeuta. 
 
Através da voz, conseguimos perceber “certos aspetos da personalidade da pessoa e podemos também perceber estados emocionais, conforme a pessoa está mais calma ou mais nervosa, por exemplo”.
 
As alterações de voz caracterizam-se por disfonia (rouquidão) ou afonia (incapacidade de projetar a voz). Estes problemas podem ser causados por fatores orgânicos como nódulos, edemas, alterações hormonais ou inflamações.
 
Mas a voz pode também ser prejudicada por fatores comportamentais, por exemplo quando adotamos “uma postura corporal errada ou fazemos uma má utilização da voz perante uma audiência”. 


Professores e formadores são os mais afetados
 
Os professores e os formadores são as profissões mais afetadas por problemas da voz, mas outras profissões que usam esta ferramenta – cantores, advogados, locutores – também registam problemas recorrentes que afetam o seu desempenho profissional. 
 
De qualquer forma, em qualquer pessoa a utilização da voz tem um papel fundamental já que permite uma “comunicação mais eficaz com os outros, além de reforçar a entoação e o significado das frases”, avisa Tânia Reis. 
  
Na véspera do Dia Mundial da Voz, a terapeuta salienta que é importante “alertar o público em geral para aquilo que podem fazer para prevenir estes problemas uma vez que, se não forem tratadas adequadamente, estas complicações podem causar danos irreversíveis”. 
 
9 dicas para usar a voz em público: 
 
– Articular bem as palavras 
– Falar pausadamente 
– Usar roupas confortáveis que favoreçam a respiração
– Respirar calmamente e gerir a respiração ao longo do discurso 
– Fazer exercícios vocais regulares (orientados por profissionais) 
– Ir bebericando pequenos goles de água durante o discurso 
– Evitar ingerir alimentos que causam refluxo, que desidratam (como álcool ou café), que prejudicam as mucosas (o chocolate) ou que são demasiado picantes
– Evitar tensão muscular mantendo uma postura correta
– Usar microfone sempre que necessário 
 
Clique AQUI para visitar o site da Relicário dos Sons que, além dos serviços previstos em tabela, realiza rastreios gratuitos nas diferentes áreas de especialidade clínica (terapia da fala, psicologia, entre outras).

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório