Sociedade

Desemprego: Governo cede 400ME para formação

O governo português vai canalizar 400 milhões de euros para projetos de formação profissional de desempregados. O anúncio foi feito ontem, 25 de Junho, pelo secretário de Estado do Emprego, Pedro Silva Martins.
Versão para impressão
O Governo português vai canalizar 400 milhões de euros para projetos de formação profissional de desempregados. O anúncio foi feito ontem, 25 de Junho, pelo secretário de Estado do Emprego, Pedro Silva Martins.
 
Segundo informações adiantadas pela Agência Lusa, a ação integra-se no Programa Operacional de Potencial Humano (POPH). Financiado pelo QREN, o POPH define como prioritária a formação profissional dos desempregados de modo a acelerar a sua reintegração no mercado de trabalho.
 
Pedro Silva Martins sublinhou que esta medida pretende reduzir os elevados números do desemprego a médio e longo prazo, uma vez que “os desempregados com melhores qualificações terão melhores perspetivas de se inserirem no mercado de trabalho”.
 
A iniciativa pretende abranger mais de um milhão de adultos, estando destinada não só aos desempregados, mas também a trabalhadores que considerem necessário melhorar as suas qualificações. Depois dos já três milhões de pessoas formadas pelo POPH, esta nova ação procura dar continuidade aos resultados positivos.
 
Este novo apoio do governo será aplicado particularmente em programas de formação prática, dando prioridade ao saber fazer, em detrimento da teoria. Esta orientação tem como objetivo facilitar o regresso ao mercado de trabalho quando a economia retomar força.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório