Saúde

Descobrem marcador genético comum em tumores

Cientistas americanos e franceses anunciaram a descoberta de um marcador genético presente em pelo menos 11 tipos de tumores cancerosos. A descoberta poderá desencadear a criação de novos exames e tratamentos para cancros.
Versão para impressão
Cientistas americanos e franceses anunciaram a descoberta de um marcador genético presente em pelo menos 11 tipos de tumores cancerosos. A descoberta poderá desencadear a criação de novos exames e tratamentos para cancros.

Os cientistas da Escola de Medicina Monte Sinai, dos EUA, e do Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica, da França, afirmaram ter descoberto o recetor da hormona folículo-estimulante (FSH) em mais de 1.300 pacientes com cancro.

Na pesquisa, publicada na edição desta quinta-feira do New England Journal of Medicine, foram avaliadas amostras de tecido dos tumores de 1.336 pacientes com 11 tipos de cancro: próstata, mama, cólon, pâncreas, bexiga, rins, pulmões, fígado, estômago, testículos e ovários.

“Este novo marcador tumoral pode ser usado para melhorar a detecção do cancro. Contrastes que se ligam ao novo marcador poderiam ser injetados no sistema vascular, tornando visíveis tumores iniciais situados em qualquer parte do corpo”, explicou à AFP o chefe da pesquisa, doutor Aurelian Radu, da Escola Monte Sinai.

Serão necessários testes complementares para confirmar a descoberta e descobrir se o marcador está presente em tumores relacionados com outros tipos de cancro.

A descoberta, segundo os especialistas precisa de testes complementares, mas é “muito promissora” e poderá “resultar numa nova arma de diagnóstico ou de tratamento para detectar o cancro no seu início ou deter o seu desenvolvimento”.

[Notícia sugerida pela utilizadora Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório